+ Notícias

  • Crédito: Getty Images Sport

    Chaim Schalk (foto) vai jogar com Chase Budinger a partir de 2020.

Duplas dos EUA começam a abrir

Praticamente fora da disputa por vagas à Tóquio 2020, atletas se unem para Paris 2024
Por: Redação - 03/12/2019 11:26:40
472 visualizações

Com a proximidade dos Jogos Olímpicos, é natural que diversas duplas do mundo que não conseguiram o objetivo de classificação ao torneio olímpico se abram, buscando novos objetivos. Às vésperas do ano olímpico de Tóquio 2020, algumas duplas dos Estados Unidos já iniciaram esse processo. É o caso dos times Chaim Schalk/Jeremy Casebeer e Casey Patterson/Chase Budinger.

Praticamente fora da disputa norte-americana por vagas à Tóquio, as duplas anteciparam sua ruptura e não jogam mais juntas. Chaim Schalk jogará a partir do ano que vem com Chase Budinger, em um projeto que visa os Jogos de Paris, em 2024.

“Estou empolgado com essa possibilidade de jogar com ele. O Chase é um cara que está crescendo na modalidade e que eu realmente gostaria e atuar”, disse Schalk ao site volleyballmag.com. Canadense de nascimento, Chaim Schalk representou o Canadá no torneio olímpico na Praia de Copacabana, em 2016. A partir de 2019, entretanto, o jogador se naturalizou norte-americano e já conquistou um título internacional com as novas cores - ouro na etapa de Hato Mayor, na República Dominicana, do circuito da Norceca. Ainda nesse ano, Schalk jogou 8 etapas do circuito dos EUA - AVP -  e conquistou o título do Open de Seattle.

Ex-jogador profissional de basquete na NBA, Chase Budinger também conquistou resultados expressivos na AVP em 2019. Nos sete torneios que disputou, subiu ao pódio em seis - destaque para o primeiro lugar no Open de Hermosa Beach. Pela regularidade, foi eleito ao fim da temporada como o jogador que mais evoluiu no circuito.

A estreia do time Schalk/Budinger deverá acontecer daqui 90 dias, no torneio três estrelas de Bandar  Abbas, no Irã, pelo Circuito Mundial.

Já o representante dos EUA na Rio 2016 Casey Patterson, de 39 anos, deverá jogar a próxima temporada com Troy Field.

Confira os times dos EUA no ranking olímpico provisório para as Olimpíadas de Tóquio - cada país pode classificar até duas duplas via ranking, desde os times estejam entre no top-15.

Taylor Crabb/Jake Gibb - 8º lugar, 6.500 pontos

Trevor Crabb/Tri Bourne - 10º lugar, 6.280 pontos

Nick Lucena/Phil Dalhausser - 17º lugar, 5.360 pontos*

*participaram apenas de 10 torneios, dois a menos que o mínimo exigido pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB) para critério de classificação.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade