Olimpíadas

  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca em ação pelo Circuito Mundial 2019, na Républica Tcheca.
  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Estreantes em Olimpíadas, Ana Patrícia e Rebecca brilharam na temporada 2019.
  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Ágatha e Duda se consolidaram no atual ciclo olímpico como principal dupla feminina do Brasil.

Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca nas Olimpíadas

Duplas femininas vencem corrida olímpica e representarão o Brasil nos Jogos de Tóquio 2020
Por: Redação - 16/10/2019 11:23:09
163 visualizações

É oficial. Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca serão as duplas femininas do Brasil no torneio olímpico de Tóquio, no ano que vem. A confirmação oficial veio nesta quarta-feira (12), com o calendário da temporada 2019/20 sendo divulgado pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Medalhista de prata nas Olimpíadas do Rio 2016, Ágatha alcança sua segunda participação olímpica, enquanto Duda, Ana Patrícia e Rebecca farão sua estreia na principal competição do planeta.

Embora a classificação de ambos os times estivesse encaminhada, por conta dos expressivos resultados obtidos na temporada mundial, ainda existia a possibilidade de a FIVB confirmar ao menos um evento quatro estrelas no início de 2020. Entretanto, até 28 de fevereiro de 2020, data final da corrida olímpica brasileira dentro dos critérios adotados pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), o tour mundial contará apenas com a etapa de Chetumal (México), em novembro, válida dentro dos critérios de pontuação. Como o campeão de Chetumal soma 800 pontos na corrida olímpica, e Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca abriram mais de 1.100 pontos da terceira dupla na disputa, os times não podem mais serem alcançados.

Aos 36 anos, Ágatha disputará sua segunda Olimpíada consecutiva. Depois da medalha de prata no Rio, ao lado da antiga parceira, Bárbara Seixas, a paranaense formou ao lado de Duda o principal time brasileiro na atualidade. Desde 2017, a parceria acumulou 15 medalhas no Circuito Mundial.

"No dia 04/01/2017 nossa equipe fazia uma coletiva de imprensa onde apresentamos nosso time, e deixamos claro nosso primeiro grande objetivo: conquistar a vaga para Tóquio. A partir daquele dia muitas coisas aconteceram. Pessoas saíram, pessoas entraram, e todos contribuindo para o caminho que está sendo trilhado. Vivemos momentos bem difíceis, e aprendemos bastante com eles. E hoje temos a nossa confirmação! Conquistamos a vaga! Equipe, parabéns para nós! Que orgulho estar dividindo esta empreitada com cada um de vocês!!! Duda, que honra estar fazendo parte da sua jornada, que ja está sendo linda. Agora galera, comemorar, e depois arregaçar as mangas, porque temos muita coisa boa pra conquistarmos juntos”, postou Ágatha em suas redes sociais. As atletas estão a caminho da China para a disputa dos Jogos Mundiais Militares.

Forjadas pelo experiente técnico Reis Castro, a trajetória de Ana Patrícia/Rebecca até a confirmação da vaga olímpica foi marcada pela regularidade. Nenhuma outra dupla do Brasil subiu mais vezes ao pódio no Circuito Mundial em 2019 que elas: foram nove vezes, incluíndo três ouros, duas pratas e quatro medalhas de bronze. Na corrida olímpica, cresceram no momento certo e bateram duplas com maior experiência e patrocínios para carimbarem seus passaportes para o Japão.

 


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade