Circuito Mundial

  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Walsh Jennings/Sweat conquistaram a prata no Open de Qinzhou (China), no início do mês.

Estados Unidos invadem Chetumal

Em busca de pontos no ranking olímpico, oito duplas norte-americanas disputam competição
Por: Redação - 13/11/2019 15:11:42
273 visualizações

Com exceção do México, país que recebe o torneio quatro estrelas de Chetumal, válido pelo Circuito Mundial, a partir desta quarta-feira (13), nenhum outro país enviou tantas duplas para quanto os Estados Unidos. Em busca de pontos no ranking olímpico, oito times norte-americanos participam da competição.

Em número total de duplas, os mexicanos serão maioria em Chetumal, com dez duplas, seguido pelos Estados Unidos e Japão, país anfitrião dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem, com oito times/cada. No torneio masculino, Taylor Crabb/Jake Gibb, Trevor Crabb/Tri Bourne, Billy Allen/Stafford Slick iniciam a competição da fase de grupos. Já Bill Kolinske/John Hyden entram em quadra hoje, pelo qualifying. Entre as mulheres, Sara Hughes/Terese Cannon buscam vaga à chave principal via fase classificatória, enquanto Brooke Sweat/Kerri Walsh Jennings, Kelly Claes/Sarah Sponcil e Betsi Flint/Emily Day já estão garantidas na chave principal.

Uma das maneiras de garantir uma das 48 vagas para o torneio olímpico de Tóquio (24 vagas masculinas e outras 24 femininas) é figurar entre entre as 15 duplas mais bem classificadas dentro do ranking mundial, sendo no máximo duas vagas por país - condição que os Estados Unidos se encontra atualmente.

De acordo com a última atualização do ranking olímpico provisório da Federação Internacional de Voleibol (FIVB), Alix Klineman/April Ross e Brooke Sweat/Kerri Walsh Jennings estariam garantidas nas Olimpíadas de Tóquio, com 8.760 pontos e 6.960 pontos no ranking mundial, respectivamente. Entre os homens, Trevor Crabb/Tri Bourne estão com 5.960 pontos e também estariam garantidos nas Olimpíadas - todas as duplas já atingiram 12 competições disputadas no período olímpico, número mínimo exigido dentro dos critérios da FIVB.

Jake Gibb/Trevor Crabb somam 5.700 pontos, pontuação que os garantiriam entre os 15 primeiros do ranking olímpico, mas a parceria ainda não alcançou 12 torneios disputados - o que acontecerá em Chetumal.

O torneio quatro estrelas de Chetumal distribuirá 800 pontos às duplas campeãs, além de uma premiação total de US$ 300 mil.

 

Confira o desempenho dos Estados Unidos no ranking olímpico provisório

Feminino

Alix Klineman/April Ross - 8760 pontos, 12 torneios (2ª colocação no ranking)

Brooke Sweat/Kerri Walsh Jennings - 6960 pontos, 18 torneios (5ª colocação no ranking)

 

Kelly Claes/Sarah Sponcil - 6560 pontos, 14 torneios

Kelley Larsen/Emily Stockman - 6080 pontos, 15 torneios

Sarah Hugues/Summer Ross - 4380 pontos, 9 torneios

Betsi Flint/Emily Day - 3040 pontos, 7 torneios

 

Masculino

Trevor Crabb/Tri Bourne - 5960 pontos, 12 torneios (11ª colocação no ranking)

 

Taylor Crabb/Jake Gibb - 5700 pontos, 11 torneios

Nick Lucena/Phil Dalhausser - 5360 pontos, 10 torneios

William Allen/Stafford Slick - 3640 pontos, 10 torneios

Reid Priddy/Theodore Brunner - 3180 pontos, 9 torneios


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade