Circuito Brasileiro

  • Crédito: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

    Título em João Pessoa amplia vantagem de André e George na liderança do Circuito Brasileiro Open.

André/George faturam etapa de João Pessoa

Capixaba e paraibano venceram na final Adrielson/Arthur
Por: Redação, com assessoria/CBV - 26/01/2020 19:52:27
533 visualizações

A única cidade brasileira que sediou etapas em todos os anos do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia foi presenteada com um campeão de casa na edição número 30. O paraibano George, jogando ao lado do parceiro André Stein (ES), conquistou neste domingo (26.01) o título da quarta parada válida pela temporada 19/20. A arena lotada na Praia de Cabo Branco vibrou a cada ponto na vitória por 2 sets a 1 (14/21, 21/15, 15/11) sobre Adrielson/Arthur (PR/MS), que ficaram com a prata. O bronze foi para Ricardo/Vitor Felipe (BA/PB).

O Circuito Brasileiro 2019/2020 segue agora para Maceió (AL), entre os dias 12 e 16 de fevereiro, na Praia da Pajuçara. A competição nacional conta com sete etapas, restando além de Maceió (AL), paradas nas cidades de Aracaju (SE) e Arraial do Cabo (RJ).

Além do título em casa, André e George lideram com boa vantagem o ranking da temporada, que soma os pontos de todas as paradas. Após João Pessoa, o time chegou aos 1.400 pontos. Ricardo e Vitor Felipe aparecem na segunda posição geral, com 1.080 pontos. George comentou a busca pelo título geral do tour e a superação, após um começo ruim no primeiro set da grande decisão, quando precisou controlar a ansiedade.

“Acho que estava muito ansioso, o fato de vestir a camisa dourada de líder do ranking é uma coisa muito marcante, sonhava com isso. E ganhar na trigésima edição em João Pessoa, com toda minha família aqui, a família do André, nossa equipe completa. Acho que isso fez eu me emocionar ali no final. Vieram muitas lembranças. Foi um jogo de superação, Adrielson e Arthur estão jogando muito bem. Sabíamos que seria uma final dura, onde quem tivesse um pouco mais de entrega e serenidade, levaria”, disse.

“O foco é o título brasileiro, estamos treinando para evoluir a cada etapa, ir o mais longe possível em cada torneio e melhorar nosso jogo. Mas sabendo que temos que dar um passo de cada vez, mantendo regularidade. Não adianta fazer contas agora, o segredo é trabalhar, jogar bem e as coisas acontecerão de maneira natural”, completou.

André e George subiram ao pódio pela terceira vez na temporada. Eles foram ouro na estreia, em Vila Velha (ES), prata na segunda etapa, em Cuiabá (MT), e agora novamente sobem ao lugar mais alto do pódio. O time que treina no CT Cangaço, próximo ao local onde a arena foi construída, se emocionou ao final do jogo.

"Sempre é um jogo difícil contra o Arthur e o Adrielson. Acho que é a quarta vez que enfrentamos eles. Já sabíamos que seria complicado, ainda mais com a pressão de jogar em casa. No primeiro set sentimos um pouco, mas fomos nos colocando no jogo. O George jogou muito novamente, muito bem na defesa, sacou demais, foi quem fez a diferença. Agradeço a todos da torcida e da nossa comissão técnica. Eu chorei quando vencemos na minha casa e agora foi a vez de ele chorar, está empatado agora (risos)", comentou André.

Bronze
Ricardo e Vitor Felipe, dois ilustres moradores da João Pessoa, sentiram o gostinho de subir ao pódio em casa. Na disputa pelo bronze eles enfrentaram o forte calor da capital paraibana e Hevaldo/Vinícius (CE/ES). Depois de perder o primeiro set, o time da casa recuperou o ritmo e venceu por 2 sets a 1 (16/21, 21/18 e 15/10). O veterano campeão olímpico Ricardo, que também é o atual campeão brasileiro, elogiou a atuação dos árbitros.

“A equipe de arbitragem tem que ser elogiada, eles tiveram consciência do forte calor, as duas duplas fizeram três jogos ontem, então eles estão de parabéns por terem conduzido o jogo desta maneira, permitindo paradas para água, independente de eu ter vencido ou não. Nós tentamos nos concentrar, reduzir nossos erros, para virar a partida. Hevaldo e Vinícius são um time muito forte, mas fico feliz com essa vitória na base da superação”, comentou Ricardo.

O Circuito Brasileiro 19/20 conta com sete etapas, três realizadas no segundo semestre de 2019, e quatro que acontecem neste primeiro semestre de 2020. A estreia do tour aconteceu em Vila Velha (ES), em setembro, com ouro para Ágatha/Duda (PR/SE) e André Stein/George (ES/PB). Em Cuiabá, no mês de outubro, os títulos ficaram com Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Alison/Álvaro Filho (ES/PB). Ribeirão Preto (SP) sediou a etapa de novembro, com ouro para Talita/Taiana (AL/CE) e Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF).

A próxima parada será em Maceió (AL) entre os dias 12 e 16 de fevereiro. Depois a competição também passará por Aracaju (SE) e Arraial do Cabo (RJ).


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade