+ Notícias

  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Tricampeã olímpica e mundial, Kerri Walsh Jennings pode estar no Mundial de Hamburgo.
  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Campeão mais novo na história dos mundiais, André sonha em defender seu título na Alemanha.

Um olho na Malásia, outro na Alemanha

Atletas que já foram campeões mundiais buscam vaga para Mundial de Hamburgo 2019
Por: Redação - 02/05/2019 16:19:09

O objetivo de dez entre dez duplas que estão na Malásia disputando o torneio três estrelas de Kuala Lumpur é somar pontos no ranking do Circuito Mundial para garantir vaga no Campeonato Mundial desse ano - o torneio asiático é o último a contar pontos para classificação ao mundial. Kerry Walsh Jennings, Laura Ludwig, além dos brasileiros Alison e André Loyola, que possuem títulos mundiais no currículo, estão na disputa para garantir presença em Hamburgo-Alemanha.

A norte-americana Walsh Jennings é a atleta mais vencedora quando o assunto são campeonatos mundiais. Venceu três edições consecutivas, (2003, no Rio de Janeiro, 2005, em Berlim-Alemanha, e 2007, em Gstaad-Suíça), todas ao lado da eterna parceira Misty May-Treanor. A parceria também rendeu à Walsh a medalha de prata no mundial de 2011, em Roma-Itália. Aos 40 anos, a atleta está em Kuala Lumpur ao lado de Brooke Sweat para buscar vaga no mundial desse ano. "Espero que o melhor ainda esteja por vir e recebamos o wild card (este ano)", disse Walsh Jennings. 

Atual campeã mundial, a alemã Laura Ludwig disputa nas areias da Malásia seu segundo torneio na temporada. O objetivo é somar pontos para defender o título em casa. Ludwig se dedicou à família em 2018, e depois da aposentadoria da então parceira Kira Walkenhorst passou a atuar ao lado de Margareta Kozuch. “Tive um intervalo de um ano e estou muito feliz em voltar a jogar, senti falta das pessoas e das competições. Tenho uma nova parceira e estamos tentando jogar nosso melhor vôlei de praia. Estamos indo jogo a jogo, torneio a torneio, para que possamos estar no nosso melhor no Campeonato Mundial”, disse Ludwig.

Entre os brasileiros que estão na Malásia, Alison tem três medalhas em mundiais - foi ouro em 2011, ao lado de Emanuel, em Roma, e em 2015, com Bruno Schmidt, além de bronze em 2009, com Harley. Seu atual parceiro, Álvaro Filho, foi medalhista de prata em 2013, ao lado de Ricardo.

Já André Stein joga o torneio da Malásia sonhando em defender seu título mundial. Em 2017, ao lado de Evandro, ele se tornou o atleta mais jovem na história a vencer o Campeonato Mundial masculino, em Viena-Áustria. "Fiquei surpreso porque foi meu primeiro mundial, e vencê-lo em sua primeira tentativa foi algo inimaginável”, disse André. “Eu tenho um novo parceiro (George), então é importante jogar o Campeonato Mundial. Com certeza a experiência seria incrível”, completou.

O mundial de Hamburgo acontece entre os dias 28 de junho e 7 de julho. Ao todo, 96 duplas participam da competição - 48 duplas masculinas e 48 femininas. Os times serão conhecidos no próximo dia 6.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade